Esfaqueamento e morte de adolescente choca São Mateus

A população mateense ficou chocada com a morte da adolescente Karen Santos Arruda, 15 anos, vítima de esfaqueamento, ocorrido na tarde desta segunda-feira (9), numa calçada da Rua Coronel Mateus Cunha, uma das vias mais movimentadas do centro de São Mateus.

A Polícia Militar prendeu um suspeito na mesma tarde, na Praça Doutor Péricles, no Bairro de Fátima (Ideal). Ele se identificou como morador de rua e negou a autoria do crime.

Comandante da 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros, de São Mateus, o major Cristiano Sartório relatou que a equipe foi acionada às 13h50 e fez os procedimentos padrões em casos graves. Além de socorrer a vítima, que foi encontrada já dentro de uma loja, os bombeiros acionaram o Hospital Roberto Silvares para já ficar preparado para receber a paciente.

Conforme a equipe dos bombeiros que atendeu a ocorrência, Karen levou o golpe de faca nas costas e já estava com os pulsos fracos. Ela foi encaminhada ao Hospital Roberto Silvares, mas não resistiu e morreu. Na unidade hospitalar, a equipe de Serviço Social relatou que os familiares da adolescente estavam abalados e naquele momento não era possível dar detalhes do atendimento.

Logo após o crime, várias equipes da Polícia Militar iniciaram as buscas do assassino, conseguindo êxito em encontrar o suspeito parado na Praça Doutor Péricles, no Ideal.

Polícia Militar apreende faca

A Polícia Militar apreendeu uma faca próxima do suspeito do assassinato da adolescente Karen Santos Arruda, 15 anos. Ele negou ser o autor do esfaqueamento ocorrido na tarde desta segunda-feira (9), numa calçada da Rua Coronel Mateus Cunha.

A Polícia Militar encontrou o suspeito por volta de 17h, próximo da praça Doutor Péricles, no Bairro Ideal. Por volta das 18h, os militares ainda trabalhavam no registro da ocorrência e não tinham identificado a motivação do crime. Segundo informações preliminares, o homem estava com um ferimento na perna.

Um vídeo obtido numa loja, com gravações do crime, também levou os policiais a identificarem o suspeito, que vestia roupas semelhantes, sendo uma bermuda vermelha e uma camisa escura.

Levado para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus, o suspeito negou o crime e disse à Rede TC que é oriundo de Vila Velha e mora nas ruas de São Mateus, em busca emprego. Ele detalhou que tem 35 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui